CEE-PE PARTICIPA DE COMEMORAÇÃO DOS 53 ANOS DA AESA

Na sexta-feira (02), o Presidente do Conselho Estadual de Educação de Pernambuco (CEE-PE) e da Associação Nacional das Instituições Municipais de Ensino Superior (ANIMES), Antonio Henrique Habib Carvalho, participou como um dos palestrantes da mesa redonda em comemoração dos 53 anos da Autarquia do Ensino Superior de Arcoverde (AESA), com o tema: Entre a tradição e o futuro: As autarquias municipais e o processo de interiorização do Ensino Superior em Pernambuco”,  evento realizado no auditório da AESA e transmitido, ao vivo, pelo canal do YouTube da referida Instituição.

A mesa foi composta pelos palestrantes, Antonio Henrique Habib Carvalho – Presidente da ANIMES e CEE/PE; Ana Gleide de Souza Leal Sá – Presidente da ABCDE/CEVASF, Associação das Instituições de Ensino Superior do Estado de Pernambuco (ASSIESPE) e Vice-Presidente da ANIMES; César Augusto de Souza Andrade – Diretor de Políticas da CT&I e Competitividade, Gestor do PROUPE e PROUNI-PE da SECTI-PE; além de, Alexandre Ferreira Paes de Lira – Presidente da AESA; Rosa Barros – Ex-Prefeita de Arcoverde; Claudia Sampaio de Andrade Lima – Presidente do Instituto Tecnológico das Cadeias Biossustentáveis (ITCBio); Professor Antônio Inocêncio de Lima – representante dos Presidentes da AESA; Luíza Margarida – representante da Câmara Municipal de Arcoverde.

O Presidente da AESA, Alexandre Lira, apresentou um histórico da construção da Instituição, destacando a importância de homenagear todos os presidentes e ex-presidentes da AESA. O presidente destacou alguns pontos, tais como: o quantitativo de alunos ativos (2.043 – dois mil e quarenta e três); 13 cursos de graduação; 12 cursos de pós-graduação; 10 laboratórios; a infraestrutura; Clínica-Escola de Saúde. O Presidente finalizou seu pronunciamento declarando: “Precisamos utilizar a educação como uma ferramenta transformadora e, aqui, em Arcoverde, com 53 anos a AESA vem fazendo todo esse trabalho”.

Foram homenageados/as os/as ex-presidentes: Delson Cursino; José Aureo Bradley, representado por seu filho, Rodrigo Bradley; José Rabelo de Vasconcelos; Antônio Inocêncio de Lima; Josefa Bezerra de Lima; Edilazir de Azevedo Guerra; Aloízio Antônio Brito; Maria da Penha Morais; Maria de Lourdes Silva; Francisco Jonas da Costa; Eduardo de Carvalho Lefost; Roberto Salomão Coelho.

Também foram mencionadas as diretoras, Professora Isabel Cristina Isidoro de Souza Barbosa (CESA) e Professora Luciene Maria Ferreira do Nascimento (ESSA).

Os funcionários mais antigos da AESA também foram homenageados: Edjane Dias de Almeida, Maria Tânia Bezerra Pereira e Gilberto Cosmo de Farias (o professor mais antigo).

O Ex-Presidente e fundador da AESA, professor Antônio Inocêncio de Lima, destacou que sua missão era entregar uma série de documentos que registram a história da AESA, desde 1968 e declarou: “Precisamos encontrar rumos civilizatórios, a ciência está progredindo”, e, concluiu seu pronunciamento afirmando: “O maior mandamento – Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo – basta viver esse mandamento, profundamente e sempre, que na verdade, é tudo”.

A Ex-Prefeita, Rosa Barros, declarou: “Arcoverde é uma referência na educação, na saúde; tem um Polo Automotivo, e, tudo que é hoje foi pensado lá atrás”. A Ex-Prefeita também destacou que Antônio Inocêncio é um grande mentor da educação para Arcoverde.

A Vice-Presidente da Câmara Municipal, Luíza Margarida, declarou: “Hoje sinto-me honrada de fazer parte da história dos professores de Arcoverde. Parabenizo a todos que fazem a história dessa faculdade, através do Professor Inocêncio Lima”.

A Presidente do ITCBio, Claudia Sampaio, ressaltou que instituições de Ensino Superior mudam a sociedade em que estão inseridas e acrescentou: “Pudemos perceber, com a história contada pelo Professor Inocêncio, a importância que tem essa faculdade, nessa região”. A Presidente destacou ainda que a proposta do ITCBio é fazer parcerias, apoiando as ações científicas e tecnológicas das faculdades do estado de Pernambuco e concluiu seu pronunciamento afirmando: “Impossível é aquilo que não foi realizado”.

Dentre os palestrantes convidados, o primeiro a discorrer sobre o tema foi o Gestor do PROUPE e PROUNI-PE, César Augusto de Souza. Ele ressaltou que todas as falas foram importantes para uma reflexão acerca do tema e destacou alguns pontos tais como, biodiversidade; políticas públicas; programas como o PROUPE, para gerar oportunidade para todos; desenvolvimento sustentável. O Gestor destacou ainda que há uma previsão de fortalecimento do sistema pernambucano de inovação, onde o interior do estado de Pernambuco participa com posição de destaque e com representantes na extensão da ciência, tecnologia e educação, no tripé: ensino, pesquisa e extensão, que as Autarquias fazem tão bem – acrescentou.

  A Presidente da ASSIESPE, Ana Gleide de Souza, destacou a importância das autarquias no interior do estado, em 12 microrregiões e acrescentou: “Os grandes responsáveis pela mudança no interior do estado, sobretudo no desenvolvimento, foram as autarquias e elas chegaram no interior do estado promovendo a formação de professores; Arcoverde sempre foi referência em socializar, com as 13 autarquias, as produções, os cursos autorizados, as ideias de desenvolvimento”. A Presidente ressaltou ainda a importância com o investimento do Programa Universidade para Todos e concluiu sua exposição declarando: “Parabenizo o gestor Alexandre por esse momento e do papel que Arcoverde tem para nossas treze microrregiões”.

  O Presidente do CEE-PE e da ANIMES, Antonio Habib, salientou a importância de César Souza no emparceiramento da ASSIESPE com as autarquias; do fundador da AESA, professor Inocêncio de Lima; da Câmara dos Vereadores e do empoderamento das mulheres e declarou: “Arcoverde, hoje, é a maior potência em termos de aurtarquia municipal do estado de Pernambuco”. Destacou também que os municípios podem dar suporte às faculdades – “Precisamos defender as nossas instituições, em todos os aspectos, em todos os sentidos, independente de ser com recurso público ou não” – acrescentou o Presidente. Antonio Habib concluiu sua apresentação declarando: “Precisamos de apoio; de gente de coragem, que quer mudar, fazer acontecer, de atitude e, acima de tudo, respeito pelas pessoas, pelas histórias”.

   Também estiveram presentes à comemoração: Professora Jacilda Neles; Professora Lúcia Vieira; Maria Bernadete (ex-tesoureira da AESA); Professor Augusto César Acioly (Coordenador de História e Pós-Graduação da AESA); Professor Austriclínio Andrade (Coordenador do Curso de Letras); Professora

 Rosali Brito (Coordenadora do Departamento Pedagógico); Professor Franklin Freire (Coordenador do Curso de Pedagogia); Professora Simone Salvador (Coordenadora de Pesquisa e Extensão do CESA); Professor Milton Barros (Coordenador do Curso de Engenharia Civil); Professora Vânia Barros (Educação Física); Professor Mozart Duarte (Coordenador de Pesquisa e Extensão da AESA); Professora karine Marques (Educação Física); Professora Isis Cavalcante (Coordenadora do Bacharelado de Farmácia); Professora Ana Zélia Vieira Belo; Vagner Bezerra (Recursos Humanos); Luciana Cordeiro; Mônica Miro (Recursos Humanos); Cledemário (Assessor Jurídico); Professora Euda Costa (Coordenadora do Curso de Biologia); Antônio Epitácio (Secretário do CESA); Jussara Xavier (Secretária da ESSA); Josigleide Lima (Professora de Letras); Carlos Alberto (Professor de Letras); Rosenilda Amaris ( Professora e Coordenadora de Pós-Graduação); João Pacheco (Professor de História); Edmilson Sá (Professor de Letras); Orlani Roseli (Professora de Letras); Cleiton (audiovisual); Marcelo (som).

Marta Alencastro – 08/09/2022 às 13:50